terça-feira, 20 de abril de 2010

Amiga ou Inimiga?

Era 20:30, a festa começava 22:00. Eu estava toda anciosa, porque era a festas do ano, e eu ia! Fui ao cabeleleiro, fiz maquiagem, comprei roupa e sapato novo. 21:30, passa hora, 22:00 hrs, chegou a hora! Retoquei a maquiagem e fui toda linda pra festa. Cheguei lá, que decoração! A festa estava perfeita, tudo! Músicas, bebidas, meninos, gente bem arrumada.. Passa se alguns minutos e chega a minha 'amiga', me comprimentae e conversa um pouco comigo. Passa se algumas horas, estávamos dançando, juntas, íamos a qualquer lugar juntas, daqui um pouco ela me fala, João tá aqui! Meu coração dispara, fico toda feliz e começo a procurar ele. E minha amiga junto comigo! João era o menino que eu amava, e ele estava lá, na mesma festa que eu! Ai meu Deus, na hora que eu vi ele, eu quase fui dar um beijo nele, tava tão lindo! Tudo bem até ai. Estavamos dançando e minha amiga ficava assim pra mim: ' Vai lá amiga, o João é seu! Beija ele!', e eu ' Calma amiga, não é assim as coisas!', tudo bem. Passa algum tempo, João não para de me olhar, mais esta dando em cima da minha amiga, mas minha amiga se contendo e me falando 'Calma amiga, ele é seu, não vou fazer nada', eu estava tranquila, cofiava nela. Uma hora fui para o banheiro, e minha amiga e ele veio atrás de mim e sentaram em umas cadeiras que tinham lá, ele estava mechendo nos cabelos dela, e ela estava gostando. Eu fiquei muito triste, e já não curti a festa mais, fiquei mais no meu canto. Daqui um pouco eles somem, e minha outra amiga me falou ' Vou lá fora pra eu ver se eles estão lá', eu 'tudo bem'. Daqui a pouco essa amiga chega em mim sem jeito e fala ' eles ficaram'. Corri pro banheiro e começei a chorar, e a me perguntar ' Como ela pode fazer isso comigo?' Naquela hora, a festa acabou pra mim, e ela acabou pra mim. Que amiga era aquela? Que ficava a festa inteira no meu lado, falando uma coisa, e no final faz outra, na minha frente ainda?! Aquilo ali pra mim já tinha dado. Minha vontade era de ir lá onde eles estavam e.. acabar com ela. Mas eu me controlei, porque eu nao precisa gastar minha saliva com aquela vagaba. Liguei pra minha mãe, e fui correndo embora dessa festa, longe desta falsidade tamanha, aos choros. Enfim, uma coisa eu falo, nunca faça com os outros, o que você não gostaria que fizesse com você. Fica a dica.
1bj

Um comentário:

Anônimo disse...

chama isso de amiga? acho que é mais inimiga isso sim!