sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Tinha esquecido



Hoje você veio falar comigo, fazia tempo desde a última vez que nos vimos. Eu só não entendo o porquê deu estar tão feliz, tão boba e por que meu coração não para de bater freneticamente em meu peito. Não entendo o porquê de estar agora pensando em você, de estar pensando em você o dia inteiro. Somos amigos, certo? Só amigos... Mas por que eu me sinto assim? Por que desde a última vez que eu o vi, eu me sinto estranha e com tantas saudades de quando nos tentávamos ser um só?
Dizem que quando se perde algo é quando se da o valor certo para aquilo, é assim que eu estou sentindo nesse momento, depois que o “nos” nunca existente terminou, que eu te vi com outra, eu vi que eu tinha perdido algo que procurava a algum tempo, que eu tinha perdido você e vi com mais clareza o que havia acontecido no passado. Fazia algum tempo que não me sentia assim...
E o amor me pegou, de novo, e mais uma vez por uma pessoa errada, tinha me esquecido de como era difícil agüentar o meu peito inchando, de sorrir do nada e de pensar em uma pessoa uma noite inteira. De como era escrever com o amor na minha mente, com palavras com significados e não só mais um texto inútil, mas sim, um desabafo para minha alma. O vazio que me enchia se foi e foi preenchido com algo pior, algo que tenho medo de não agüentar, que espero poder agüentar, foi preenchido por você.

Aonde está você

 


 E então, o que você espera que eu faça? Que eu chegue em você e te implore para tudo voltar ao que era antes, que te mande aqueles depoimentos enormes dizendo o quanto você é importante para mim, mesmo sabendo que lá no fundo nada disso irá adiantar? Me desculpe, mas você sabe que eu não sou assim. Eu odeio quando as pessoas vem me cobrar o motivo pelo qual eu afastei ou porque não conto mais nada a ela. A minha maior vontade é responder: 'De duas, uma: ou não tem nada de diferente acontecendo na minha vida ou eu não tenho confiança o suficiente para te contar (o que costuma ser mais provável). Enfim, eu já demonstrei de todas as formas o quanto eu te amo, com todas as que coisas possiveis e impossiveis que eu poderia fazer por alguém, mesmo sabendo que não precisava de nada disso para você compreender o óbvio.
 Como uma amizade de anos pode acabar assim? Dizem que quando verdadeira, não importa distância, briga, nem afastamento, a amizade supera tudo. Então estou aqui, tentando te mostrar o quanto me importo com você e não quero nem imaginar que todos os esses anos possam ter sido em vão.
 Então por favor, eu não queria ter que te pedir para tudo voltar ao normal, afinal amizade não se pede, mas é que você faz tanta falta ...
 Só quero saber se foi algum erro meu, porque se sim, eu disfaço agora. Quero continuar te tendo como umas das melhores parte de mim, ou melhor, da minha vida. Se eu errei, me perdoe. Eu não vou aguentar te encontrar mais um dia na escola e ver a sua indiferença. Você disse que estaria comigo em qualquer lugar que eu estivesse, então agora chegou a minha hora de cobrar. Nunca se esqueça o quanto eu te amo, melhor amigo. Você faz muita falta

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

It's over now




 Já é tarde da noite e não consigo dormir. Ouço o barulho da chuva lá fora e isso me traz certas lembranças que eu queria apagar.
 É, mais uma vez você me decepcionando. Fico tentando entender como eu ainda sou capaz de esperar alguma coisa de você. A chuva vai aumentando e eu lembro o porque. Existia um sentimento aqui dentro que fazia eu enxergar a pessoa mais errada do mundo como perfeita. Descubro agora que enxergar os defeitos não é algo muito bem aceito quando o amor acaba. Laços rompidos, corações partidos.
 Alguns dizem que uma ótima forma de esquecer alguém é transformando o amor em ódio e depois de tantas tentativas, optei por essa forma. O objetivo está sendo apenas lembrar dos seus defeitos, mas acho que não está funcionando muito bem, afinal, vendo seus piores defeitos, eu acabo enxergando o meu pior erro: um dia ter conseguido amar alguém asim. Boba, iludida ou apaixonada? Prefiro ficar com a 3ª opção.
 É dificil, mas no final, eu acabo te dando um prêmio que descreve perfeitamente o que você é: uma salva de palmas para o maior mentiroso de todos os tempos.  Espero que você se sinta previlegiado, pois essa será a última vez que eu irei lembrar de alguma coisa relativa a você. Você me enganou, parabéns, mas apartir de então sua cortina acaba de se fechar e você pode me considerar fora dessa platéia para aplaudir seu show.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

espaços



Caramba, parece que estou ficando apaixonada, ou iludida por você de novo. Não sei se isso é bom ou ruim. Me peguei esses dias sonhando acordada com você e fui perceber que isso acontece todas as noites. Ah sonhos... Acho bom sonhar. Sonhos são lugares para onde vamos, onde tudo é como a gente quer, como a gente imaginou. Um lugar onde nós esquecemos por alguns minutos, a realidade que nos cerca. Claro, só não podemos viver nesse mundo, e nem acreditar em tudo que a gente sonha. Meus sonhos com você são geralmente nós dois juntos, felizes para sempre, como em um conto de fadas. Pena que contos de fadas não existem. Mas por estar afim de você pela 'segunda vez', vou ser bem mais madura. Na verdade, eu cansei de espaços na nossa história. Quero esses espaços preenchidos, ou apagado pra sempre. Se não for pra ser dessa vez, nunca mais será. Os espaços, são sonhos. Não quero uma história de contos de fadas, quero uma história real. Dessa vez, vou correr atrás, e não ficar esperando esses espaços ser preenchidos. Mas enquanto ouver espaços, os sonhos vão continuar..

domingo, 7 de novembro de 2010

Ponto Final



  Lembranças: pequenas ou grandes recordações que por mais que você tente tirar da cabeça, nunca irá tirar do coração. É, eu tentei esquecer você e não foi pouco. Chegou a um ponto que eu comecei a ler aqueles anúncios em revistas: Como esquecer a pessoa amada, Como esquecer um homem em 10 dias. Nenhuma adiantou e não culpo elas por serem mentirosas. Jogo toda culpa apenas em mim. Até hoje me lembro do meu amor de infância. Eu não sabia o que era amor naquela época, mas eu também não tinha idéia do que era sofrer por alguém. A melhor parte de tudo isso? Ele também gostava de mim.  Só assim eu percebo que muitas coisas mudaram. Enfim, se eu não consegui esquecer alguém que eu amei, gostei, 'namorei' a 13 anos atrás, como eu vou esquecer alguém que entrou na minha vida a tanto pouco tempo? É meio lógico isso.
  Por mais que todas essas tentativas de te esquecer tenham falhado, eu acabo de decidir. Vou tentar mais uma vez e se dessa vez não der certo, eu prometo que vou esquecer de esquecer. É minha última tentativa e essa eu vou praticar sem dó, sem medo, sem receio de isso machucar seu orgão muscular oco.
 Eu percebi a realidade e vi que estava me iludindo com coisas tão futéis e banais.  Eu não preciso disso, eu não preciso me contentar com atitudes tão simples de uma pessoa tão pequena. Eu mereço algo melhor, eu sei disso. Então eu vou te esquecer. Eu quero, eu preciso, eu posso. Eu não vou falar que me arrependo de tudo que eu já passei com você, mas é que acabou. Você deu um fim nesse jogo faz tanto tempo e eu fico jogando aqui, sozinha. Esse jogo do amor é mais difícil que eu pensei.
 Nós pudiamos ter dado certo, a gente consegue se dar tão bem, mas você não quis. É só isso que eu tenho que entender. Eu agi sozinha, eu amei sozinha e nunca existiu um 'nós'.
 Apartir de agora eu sou uma pessoa totalmente diferente. É melhor você não esperar mais nada por mim. Quero me afastar de tudo que me faça lembrar seu nome e você. Então me ajude nessa minha batalha. Suma, desapareça, não fale comigo. Eu sei que isso não vai fazer diferença pra você, mas pra mim faz e muita. Agora mais um capitulo passou e eu sei que hora de seguir em frente. Eu não sei se estou pronta pra isso, mas eu sei que me fará bem. Nem todas as histórias de amor tem um final feliz, mas eu quero um e já que você não foi capaz nem disso, eu vou dar conta disso tudo sozinha. 'E não, a minha ultima palavra não será “adeus” porque as três palavras que direi por ultimo você nunca mais me ouvirá falar novamente, pelo menos não me direcionando á você, por isso a guarde ... Eu te amo'