terça-feira, 27 de abril de 2010

Adolescencia

È engraçado, vejo o quando ouço amigas minhas falarem sobre o amor. Na verdade, quem não fala sobre o amor? Até minha professora de espanhol hoje falou sobre o amor
   Minha professora hoje disse que se um homem realmente quer, ele vai correr atras 10 mil vezes se preciso. Mais será que na adolescencia, os garotos serão assim?  Mesmo eles sabendo das várias oportunidades que eles podem ter, as outras milhares de garotas que ele pode encontrar e ficar em uma festa, ele realmente vai tentar e 'perder tempo' 10 mil vezes chegando em você?
   Engraçado. Com tantas coisas que acontecem na adolescencia, tantas coisas pra nós preocupar, mudanças no nosso corpo, modo de pensar, pessoas não compreenderem a gente, aparece justamente algo que é tão desnecessário. O amor.  Ah, não, o amor não é desnecessário, é necessário até demais, mais não dessa forma. Tanta gente sofrendo. É raro encontrar alguém que nunca sofreu por amor, algumas vezes com palavras ditas em uma briga , outras por uma traição e outras simplesmente por não serem correspondidas.
  É cada coisa que gruda na gente.  O jeito, o cabelo, o perfume, a voz, a risada. Momentos, lugares, gestos, palavras
    Cada coisa que acontece, cada magoa e a gente promete pra nós mesmos esquecer, nunca mais falar com ele, nunca mais olhar na cara. É, ai sim que você descobre que existem diferentes amores
    Existe aquele, que consegue virar a cara, mesmo que o que você mais quer é ver aquele rosto de novo. Mesmo que por dentro, voce precise de mais um abraço, mais um beijo, voce consegue, mostrar que é mais forte.  Esse amor é o que eu admiro. É aquele amor, que te deixou la, por inteira, parada, sorrindo, enquanto ele beijava outra.
     É dificil, pensar que tão novos , sofremos tanto. Um recorrer ao odio, pra esquecer. Outros ao tempo. Nesse exato momento percebi que não resta mais tempo pra mim, o que resta é odiar. É tentar esquecer as palavras, as conversas, as brincadeiras, as histórias juntos, até mesmo pensar nas brigas de um dia que terminavam com uma ligação, e lembrar de quanto tempo perdi nesse amor, quantas noites de sono, quantas festas terminadas em choro e quantas oportunidades ainda vou ter na minha vida.
    É, e pensar que a uns anos atrás, eu assistia esses filmes de sessão da tarde e achava que um dia eu encontraria um principe, que viria com seu cavalo branco (é, tinha que ser branco) e viveria feliz pra sempre
   Encarar a realidade é dificil, mais vai ser assim que vou tentar esquecer você
Prometo, um dia eu consigo



ps: indico 500 dias com ela, ele é exatamente a realidade do amor que voce vive ou vai viver.
   

Nenhum comentário: