terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A letra do seu nome





 São 02:02 da manhã, e quando te pedi para falar um numero, você disse o número da letra do seu nome e pela primeira vez eu não me importei. Por um tempo fiquei pensando, porque eu não estou ligando? Eu te amo ou será que te amava? São dúvidas que percorrem meus pensamentos constantemente.
Eu realmente te amo? Te amei? Pensei que te amava? Não tenho a resposta de nenhuma dessas perguntas.
Você disse que precisava conversar comigo; imaginei milhões de coisas, mas conclui, que seria algo ruim... mas logo depois você já estava normal comigo. Não consigo te entender, não consigo entender o que eu quero com você , nem o que sinto por você.
Esse seu jeitinho de me ignorar, me conquistou de uma forma, que é inexplicável! Você nunca dá a mínima, nunca me fala coisas fofas, me manda depoimentos nem nada e mesmo assim fico perdidamente apaixonada.
É noite de lua cheia, fico aqui, na janela, pensando em você e o que vivemos juntos... Cada beijo ,cada abraço, cada suspiro, cada sussurro no ouvido...Como valeu a pena, como eu queria reviver tudo aquilo, como eu preciso de você, aqui e agora.
Então, não vá embora, não me deixe nessa dor, não me deixe nessa chuva. Volte e traga meu sorriso, venha e leve essas lágrimas embora. Eu preciso que seus braços me abracem agora. Refaça meu coração, diga que irá me amar de novo, sem você, eu não posso continuar.

Esse post foi feito pela @luisadamiao. Obrigada querida. E mais meninas, quem quiser  ter um texto feito por você aqui no blog, fale com a gente. Beijos


6 comentários:

@luisadamiao disse...

Aaaah que gracinha meu textinho aqui (:
Sempre leio os posts, adooro
beijao

dear sarah disse...

Que bonito, bem intenso!
bjs flor, obrigada pela visita.

yasmim disse...

obrigada :)
gostei tanto, vou seguir !

♪ Nαdine. disse...

"Eu preciso que seus braços me abracem agora."
Eu também tô precisando disso! ;~

Obrigada pela visita também.
Gostei do blog e vou segui-lo.
Beijos =*

Gustavo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gustavo disse...

Parabéns Luisa meu amor ;D
otimo texto.