terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Don't forget me




Hoje eu acordei, e disse eu te amo para os meus pais como nunca havia dito. Tomei café, escovei os dentes e fui ver televisão, afinal ainda estou de férias. Almocei e passei a tarde com minhas melhores amigas , voltei pra casa me arrumei e fui para casa de outra amiga com pessoas que eu adoro, as musicas em sintonia perfeita o meu futuro marido ao meu lado e o luar fechava o meu dia como sendo o melhor. (...) Infelizmente as coisas não são simples assim, e tive que acordar.
Fico me perguntando e imaginando, porque é tão difícil desse sonho ser real?  Porque será que é tão difícil conseguir conciliar as amizades? E conviver melhor com seus pais? Ou porque fazemos com que decisões fáceis se tornem difíceis pelo simples prazer de criar o caos? Quem inventou o ciúmes? Não tinha idéia do quanto isso machucava ou a confusão que podia causar? Sabe, minhas melhores amigas são donas desse blog, elas escrevem perfeitamente bem e conseguem de alguma forma me ajudar sempre que preciso. São as melhores amigas que alguém pode ter, consegue me fazer chorar e me fazer sorrir, se preocupam quando eu vou sozinha na padaria ou quando tenho uma prova importante, nunca me deixaram na mão e nem me abandonaram. Infelizmente, não retribui o amor que elas me deram e tenho errado muito com elas, na verdade não me sinto mal pelas coisas que tenho feito e detesto ser sincera a esse ponto, mais me sinto péssima em saber que cada dia mais elas se afastam de mim. De inúmeras formas tentei explicar o que estava acontecendo, e a única coisa que pedi foi paciência e compreensão mais não obtive resultados positivos, descobri que o que esta acontecendo é totalmente por ciúmes mais na verdade parece que a situação é irreversível.
Sabe não agüento mais, brigar com elas e nem ser excluída dos assuntos queria que elas entendessem o que eu sinto e não pensassem que sou uma bruxa, queria que algumas coisas voltassem ao normal porque por mais que eu ame as minhas outras amigas elas são como irmãs pra mim. Não vou dizer que irei mudar, porque sei que não é provável que isso aconteça, eu queria poder conciliar as coisas e me sentir bem aonde quer que eu esteja desde que as pessoas ao meu lado se sintam como eu.
Eu espero que um dia vocês possam ou me entender ou me perdoar. Porque amizade, não é da noite pra dia, não é porque sai as férias inteiras com alguém que esse alguém se tornou minha irmã. A amizade que sinto por vocês demorou pra se construir, foram com anos que ela se tornou solida mais hoje ainda sei que não foi o suficiente. Pois coisas bobas tem feito com que vocês se chateiem e deixem de me considerar.
Aonde quer que eu esteja, e o que quer que eu faça nunca vou esquecer o quanto vocês duas são como irmãs que nunca tive, e o quanto eu sinceramente sinto falta do amor, carinho e respeito que vocês sempre me deram. Estarei sempre de braços abertos pro que precisar.
Espero que nunca esqueçam das coisas boas que passamos juntas! E saibam que nunca irei desistir de vocês. 

2 comentários:

Anônimo disse...

quem fez esse texto?

Nyna disse...

Ola flor lindo seu blog lindo tdu!!
seguindo vc !
mese gue tbm?!
http://stilo-pink.blogspot.com/
beijos*Nyna