terça-feira, 22 de junho de 2010

Stop Bullying!




O bullying esta tão perto de nós mais do que você imagina. Provavelmente você já sofreu e já cometeu um ato de bullying, às vezes nem percebemos que estamos cometendo um, mas colocar um simples apelido em alguém é um ato de bullying e em alguns casos, isso vai de um simples apelido para agressões físicas. Se você pensa que bullying só esta nas escolas, esta enganada. Há bullying entre vizinhos, nas universidades, na internet e ate mesmo no trabalho.
Qual é o sentido de chamar alguém de gordo, burro, feio e outros apelidos? Qual o sentido de agredir uma pessoa? O que ganhamos com isso? Felicidade a custas dos outros? Não há motivo para se cometer um bullying, é uma atitude horrível que pode prejudicar vidas de pessoas e podem acabar com elas em um só segundo. Estas brincadeiras maldosas causam perda de auto-estima, depressão, abuso de drogas e álcool, estresse e problemas para se relacionar, alguns casos são tão graves que podem chegar a suicídio, um desses casos é do adolescente americano Curtis Taylor que era da oitava serie da escola secundaria de Iowa, EUA. Ele foi vitima de bullying durante três anos, era espancado nos vestiários da escola, humilhado e vandalizado, Curtis não suportou os atos contra ele e se suicidou em 1993, mas esse não é o único, há muitos bullyings que acabam com a perda de vidas.

A revista Capricho esta com uma campanha contra o bullying virtual. “Não ao bullying virtual” começou quando começaram a criticar os colírios, garotos bonitos que estão no blog, dizendo coisas maldosas sobre eles nos comentários. Nós apoiamos a Capricho e espero que você também apóie e diga não ao bullying, não só virtual, mas em todos os aspectos.

Não ao bullying virtual!

Bullying é crime, por mais que seja uma brincadeira. Não faça com o outro o que você não gostaria que fizessem com você, junte-se a nós e não cometa mais bullying.

Nenhum comentário: