sábado, 4 de setembro de 2010

HATE

Odeio a sua forma de me olhar,
Odeio seu cabelo,
Odeio quando fala comigo,
Odeio quando você consegue fazer tudo desaparecer quando está perto,
Odeio quando você aparece nos meus sonhos,
Odeio quando você finge que nada aconteceu,
Odeio o seu jeito de ver as coisas,
Odeio sua vontade de não saber de nada da sua vida,
Odeio quando você aparece e consegue me fazer viver mil e uma possibilidades,
Odeio seu beijo,
Odeio sua forma de me abraçar,
Odeio seu jeito de andar,
 Odeio suas palavras, 

Odeio quando está certo,
Odeio quando você me ignora,
Odeio quando você fica perto de outras garotas,
Mas consigo me odiar mais ainda por sempre transformar isso em uma forma de amor
Odeio te perdoar,
Odeio quando percebo que não significo nada,
Odeio ter feito parte daquele momento,
Odeio ter passado coisas ao seu lado,
Odeio por sempre me preocupar,
Odeio te amar!

Um comentário:

Lara Oliveira. disse...

"Odeio ter passado coisas ao seu lado,
Odeio por sempre me preocupar,
Odeio te amar!" Awn que fofinho, adorei o poema!